Friday, May 20, 2022

Engenheiros do Hawaii - Surfando Karmas & DNA (2002)

Engenheiros do Hawaii - Surfando Karmas & DNA (2002)


Tracklist front / back album covers


1. "Surfando Karmas & DNA"   3:24

2. "3ª do Plural"   3:02

3. "Pra Ficar Legal"   3:56

4. "Esportes Radicais"   3:31

5. "Nunca Mais (Lullaby)"   4:49

6. "Nem + 1 Dia"   3:43

7. "Ritos de Passagem"   3:41

8. "Sei Não"   3:13

9. "E-stória"   3:15

10. "Datas e Nomes"   3:02

11. "Arame Farpado"   2:58


Duração total:   38:34


Curiosidades

3ª do Plural foi escrita por Humberto Gessinger quando a banda ainda era um trio, com Augusto Licks e Carlos Maltz. Porém, o resultado da canção nunca agradava aos três. Por isso, a canção foi engavetada até 2001, quando foi finalmente gravada.

A explicação do nome do disco é dita por Gessinger no press release do mesmo: "...segundo o Aurélio, Carma é o conjunto de ações dos homens e suas conseqüências ; DNA é substância química envolvida na transmissão de caracteres hereditários ; surf já é uma questão muito mais complexa, difícil de definir, né?".

A canção Nunca Mais, baseada em Lullaby, de Shawn Mullins, foi gravada para o disco Tchau Radar, portanto, tendo ainda Luciano Granja (guitarra), Adal Fonseca (bateria) e Lucio Dorfman (teclados). O resultado da canção, porém, não agradou a Gessinger, que alterou levemente a letra e gravou a voz e o baixo, mantendo o arranjo original já gravado anteriormente.

O encarte do disco mostra alguns do processos de desenvolvimento do projeto da capa.

A partir de uma troca de e-mails com Gessinger, Carlos Maltz, ex-baterista do grupo, voltou a colaborar com a banda, ainda que indiretamente. O primeiro resultado da retomada da parceria foi a canção E-Stória.

A banda optou por não se trancar em estúdio por um período fixo. Em vez disso, o grupo preferiu conciliar a gravação do disco com a turnê de 10.001 Destinos: nas folgas da turnê, eles gravavam o disco. O processo durou de junho a novembro de 2001.

Um trecho de Esportes Radicais, que diz: "180, 360, 540 graus / girando, esquentando / só pra ver até quando o motor aguenta o caos", faz com que a letra da canção seja considerada por Humberto como uma continuação ou complemento da letra de "Infinita Highway", sucesso de 1987.


Formação

Em todas as faixas, exceto em Nunca Mais

Humberto Gessinger: Guitarras, violão, teclado e voz

Paulinho Galvão: Guitarra e violão

Bernardo Fonseca: Baixo

Gláucio Ayala: Bateria e percussão

Na faixa Nunca Mais

Humberto Gessinger: baixo e voz

Luciano Granja: violão

Lúcio Dorfman: teclado

Adal Fonseca: bateria

Participações especiais

Carlos Maltz: voz em e-Stória

Renato Borghetti: harmônica em e-Stória



Surfando Karmas & DNA é um álbum da banda de rock gaúcha Engenheiros do Hawaii, lançado em 2002.

Entre as principais canções do disco, estão a faixa-título, 3ª do Plural e E-Stória, fruto de uma troca de e-mails entre o vocalista Humberto Gessinger e o ex-baterista Carlos Maltz, cofundador da banda.

Album / Artist / Song Search

Download Free Full Covers Pack Collection 12.052 IMAGE COVER FILES / 4,09GB

Blog Archive

Music Blogs

Followers

Contact Form

Name

Email *

Message *